a dorga da obediência destacada
Livros Nacionais | Nacionais Fictícios

A Droga da Obediência, de Pedro Bandeira [Resenha]

1 de setembro de 2016


Título: A Droga da Obediência

Autora: Pedro Bandeira

Editora: Moderna

Ano: 1984

Páginas: 190

Resumo

capa do livro a droga da obediencia 1984 de pedro bandeiraA Droga da Obediência é uma história que se passa no Colégio Elite, situado na cidade de São Paulo, era especial. A organização daquele colégio era invejável, porque tudo que era decidido dentro da escola envolvia não apenas os professores, mas os alunos também.

O representante dos alunos era Miguel, garoto inteligente e esperto, mas que escondia um segredo que apenas ele e mais três amigos, Calú, Crânio e Magrí conheciam: eles eram os Karas. O grupo dos Karas se reunia sempre que havia algum problema a ser resolvido. Calú era mestre na arte de representar, Crânio era uma das mentes mais brilhantes e inteligentes da escola e Magrí uma excelente atleta.

Naquele dia, se reuniram no esconderijo para discutir sobre o que está acontecendo nos últimos meses. Alunos de várias escolas estavam sendo sequestrados e eles temiam que o Colégio Elite fosse o próximo. Enquanto discutiam, um barulho os interrompeu, assustando-os, pois ninguém mais sabia da existência daquele local, apenas os Karas. Da entrada do esconderijo surgiu Chumbinho, que revelou ao grupo que os observava há um tempo e queria fazer parte dele. Sem conseguir evitar que ele continuasse no local, aceitaram Chumbinho no grupo e continuaram a reunião. O objetivo era descobrir quem estava cometendo aqueles crimes e evitar que acontecesse o mesmo no Colégio Elite.

Cada um dos Karas tinha uma pista para seguir e assim começaram a reunir todas as informações possíveis para descobrir quem estava por trás dos sequestros. Porém, mal sabiam os Karas que naquele momento Chumbinho estava sendo sequestrado pelos bandidos. Induzido a tomar uma pílula, Chumbinho fingiu experimentar a droga para que pudesse ser levado e tentar descobrir onde estavam os alunos sequestrados.

Descobriu que a droga que estava sendo dada a ele também era dada a todos os alunos levados. Essa era a Droga da Obediência, que deixava todos que a consumiam sem reação, sem vontade própria, apenas obedecendo os comandos de qualquer pessoa.

Mesmo estando preso dentro do laboratório onde o Doutor Q.I. realizava experiências com os alunos sequestrados e sob o efeito da droga da obediência, Chumbinho conseguiu se comunicar com os Karas para dar novas pistas de onde encontrar todos que foram sequestrados. O que eles não contavam era com um pequeno deslize que cometeram, que deixou todos à mercê do Doutor Q.I. e da droga da obediência.

Minhas Conclusões

a droga da obediência os KarasEsse livro da série Os Karas foi escrito por Pedro Bandeira em 1984 para o público adolescente. Mesmo sendo destinado ao público jovem, o livro envolve o leitor com toda a trama e desfecho da história fazendo com que o texto seja atraente até para o leitor adulto. Está longe de ser um conto de fadas, mas também não é uma história de terror.

A escrita é leve e bem desenvolvida. É muito fácil se envolver com os personagens e pelo texto ser dinâmico é possível ler sem se sentir desestimulado a continuar a leitura. É um livro bem pequeno, com 190 páginas, mas a história é cheia de reviravoltas e com suspense.

O livro traz uma reflexão sobre a obediência. Será que de fato é melhor que os adolescentes sejam máquinas que apenas obedecem e não tenham opinião própria ou sejam capazes de decidir por si mesmos o que fazer em suas vidas, apenas para que passem a ouvir mais os adultos e deixem de ser tão desobedientes? Para alguns essa seria uma solução fácil e eficaz de controlar comportamentos agressivos dos adolescentes, mas impossibilitaria que eles vivam a própria vida.

É claro que seria uma completa loucura desenvolver e aplicar uma droga da obediência, mas o que a história quis transmitir é exatamente a importância dos jovens terem opinião própria e desenvolverem seu senso crítico. Somente um louco como o Doutor Q.I. poderia encarar a droga da obediência como uma solução viável para resolver o “mau comportamento” dos jovens. Mas será que hoje não temos essa droga já aplicada em nossa sociedade? Não através de uma droga, mas por outro meio? Fica essa pergunta como uma forma de reflexão.

Além da Droga da Obediência, Pedro Bandeira ainda escreveu mais cinco livros da série Os Karas: O Pântano de Sangue (1987), Anjo da Morte (1988), A Droga do Amor (1994), Droga de Americana! (1999) e A Droga da Amizade (2014).

Este livro é ótimo para leitores ainda jovens, crianças e adolescentes, mas se você é adulto também gostará da história devido ao desenvolvimento da história.

E você, já leu a Droga da Obediência? Se já, nos conte o que achou? Qual foi a sua experiência com essa história cheia de suspense e aventura?

Escrito por: Taísa Ferreira Dias



© 2016, https:. Todos os direitos reservados.

Apenas usuários registrados podem comentar.

  1. Esse sem duvidas e um livro otimo para ler, a cada pagina lida e uma descoberta com gostinho de quero mais…O unico problema e que ele acaba

  2. olá tenho uma critica, quando o chumbinho resolve entrar para os caras eles fazem um ritual de iniciação para pensarem na proxima ação, você deveria citar este detalhe
    sou um grande fã do seu site!!

  3. Muito boa a resenha e conclusões. Eu tinha lido o livro no colegial, há um tempo já, e deu vontade de ler novamente. Mas estou muito sem tempo e encontrei o site aqui pra dar uma relembrada nas emoções q o livro passa. Mt bem feio, VLW!

    1. Que bom que gostou da resenha Raphael. A Droga da Obediência também fez parte da minha infância e foi através da escola que conheci este livro. Uma pena que não consegui ler todos da coleção ainda, mas espero que em breve conseguir ler o restante.
      Abraços.

  4. Nossa, esse livro marcou a minha infância/pré-adolescência. Foi um dos livros que contribuíram para me tornar uma leitora e, até hoje, está na minha lista de favoritos.
    Adorei a resenha! Bjos

    1. Oi Maria Luíza
      Fico feliz que tenha gostado da resenha. É o retorno dos nossos leitores que nos motiva a continuar e a melhorar o nosso trabalho.
      Esse livro também marcou muito a minha infância e acredito que a de muitas pessoas. Sem dúvida um dos melhores!
      Em breve iremos postar as resenhas dos demais livros da série Os Karas.
      Abraços!

    2. Gostei mt da resenha crítica, amei muito a série os Karas, queria mt q esse livro virasse novela, série, pois eu gostei mt da ação de cada personagem. Amo todos, principalmente o Miguel né q ele é o líder do grupo e também o cabeça amo também o Crânio ele é mt inteligente e ótimo pra expor as idéias principais em mente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *