Violetas na Janela, de Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho [RESENHA]



Título: Violetas na Janela

Autora: Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho ditado pelo Espírito Patrícia

Editora: Petit

Ano: 1993

Páginas: 296

“Todos nós devemos nos transformar e ajudar na transformação de outros para que sejam felizes um dia.”

Resumo

Patrícia desencarnou ainda jovem e neste livro descreve o plano espiritual. Ela narra sua chegada, sua adaptação e seu aprendizado. Patrícia seguia a doutrina espírita enquanto viva no corpo físico e quando desencarnou passou por todo o processo de adaptação com muita facilidade, pois além de já compreender tudo que estava acontecendo ainda recebia as orações de seus familiares pedindo que estivesse sempre feliz e em paz. Além de narrar a própria história, Ela descreve a história de vários amigos que conheceu e de como superaram suas dificuldades. Ao contrário de Patrícia, muitas pessoas que desencarnam não compreende e não aceitam a situação tornando a adaptação muito mais difícil.

Crítica

Patrícia elucidou muito bem muitas das questões espíritas e de como a Colônia é organizada. Ela fala em seu texto de forma carinhosa do local cativando o leitor e fazendo-o se sentir dentro da história. Para pessoas que queiram começar a entender um pouco sobre a Colônia e sobre o espiritismo, esse é um bom livro para começar. Uma leitura fácil e bem organizada que dispõe um pouco mais de conhecimento sobre a doutrina espírita. É um livro que ensina muito sobre viver e principalmente sobre como evoluir seu espírito. Nos faz refletir sobre nossas atitudes enquanto vivemos neste corpo físico.

Escrito por: Taísa Ferreira Dias



© 2015 – 2016, www.salaliteraria.com.br. Todos os direitos reservados.

2 thoughts on “Violetas na Janela, de Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho [RESENHA]

  1. Li Violetas na Janela a muitos anos e amei. É um dos livros espíritas que mais gosto, atrás apenas de Nosso Álbum de lembranças. Vale muito a pena ler.

    1. Sem dúvida é um livro muito bom Emanuella! Nunca li Nosso Álbum de Lembranças, mas diante de sua recomendação será o próximo que irei ler!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *