Vidas Roubadas, de Ana Cláudia Esquiávo [RESENHA]

Título: Vidas Roubadas

Autora: Ana Cládia Esquiávo

Páginas: 218

Ano: 2016

Editora: Multifoco

 

Sinopse

Joana Prates se torna uma revelação do estilismo ao desenhar e costurar vestidos de presidiárias para um desfile na cadeia. Presa injustamente pelo roubo de um bebê, ao sair da prisão, ela precisa lidar com o sucesso, enfrentar os fantasmas do passado e traumas causados por sua conturbada família. Durante seu primeiro desfile, ela conhece Alexia Soares, uma respeitada jornalista do jornal Diário Mundial. A repórter foi obrigada a abandonar o jornalismo investigativo ao iniciar uma investigação sobre tráfico de bebês, que causou riscos a própria vida. 
Ao entrevistar Joana, Alexia descobre elos entre a prisão da estilista, a matéria que estava investigando e a promessa feita a sua mãe, que nunca conseguira cumprir.

Skoob | Comprar: link em breve

 

Resumo

Joana é uma mulher doce e obstinada. Seu maior sonho sempre foi se tornar uma estilista reconhecida. E seus sonhos estão sendo realizados. Mas para chegar aqui, Joana passou por muita coisa. Veio de uma família de classe média e apesar de ser muito amada pelo pai e pela irmã mais nova, foi (e ainda é) odiada pela irmã mais velha e a mãe. Quando já adulta  foi vítima de um grande engano, acusada de participar de uma quadrilha e levada para a cadeia. Porém, ainda dentro da cadeia sua vida como estilista começa a florescer.

Alexia é uma jornalista investigativa extremamente competente, talentosa e corajosa. Mas sua grande coragem a fez ver a morte de perto e por causa disso precisou ser afastada do cargo. Voltando ao trabalho, para sua própria segurança, ela é designada para a seção de moda, o que não lhe agrada nem um pouco.

Neste ponto as duas personagens se encontram. De um lado a estilista que acabou de sair da cadeia e do outro a jornalista investigativa obrigada a trabalhar em algo que detesta. Mas o passado de Joana e Alexia irá uní-las para desvendarem um mistério maior do que elas poderão imaginar.

 

Minhas conclusões sobre Vidas Roubadas

O livro Vidas Roubadas tem um enredo interessantíssimo. Não posso revelar o tema principal, pois quero que vocês tenham a mesma surpresa que eu tive. É um tema que dificilmente vemos em livros de ficção – pelo menos para mim. Mas o que posso adiantar, é que há todo um envolvimento de um esquema grande de uma quadrilha. O enredo foi o ponto principal para me fazer gostar do livro. Por conta dele (enredo) fiquei fissurada em saber o desfecho da história e em poucas horas já havia finalizado a leitura.

Alexia e Joana foram duas personagens que me conquistaram, cada uma com sua personalidade e história de vida. Os personagens secundários também deixaram sua marca, mas gostaria de ter visto um crescimento maior no relacionamento de Alexia e Gustavo. Ele é um personagem muito fofo e acho que poderia ter só um pouquinho mais de espaço.

Apesar do enredo e dos personagens terem me conquistado, há uma interminável troca de narração que me deixou um pouco confusa durante a leitura. Além disso, haviam algumas cenas que pareceram um pouco fantasiadas, onde na vida real teria sido bem mais assustador e perigoso. 

São esses dois pontos que acredito que a autora possa melhorar para tornar a leitura do livro mais prazerosa para o leitor. Porém, a história em si é muito boa e interessante. Se não fosse, dificilmente eu teria lido com tanta vontade. O enredo é o ponto forte do livro e a necessidade em descobrir o desfecho se torna impossível de resistir para o leitor. Há diversas cenas com revelações que o leitor não espera acontecer e que me deixaram de boca aberta.

Mesmo com os detalhes que acredito que podem ser melhorados, vale muito a pena a leitura e conhecer a história de Joana e Alexia.

 

Participe!

Espero que tenha gostado da resenha. Se você gostou do livro e quer conhecê-lo melhor, em breve você pode adquirir nos links que deixarei abaixo da sinopse. Não se esqueça de conferir a nossa última resenha do livro Borborema, de Letícia Godoy.

Um abraço e até o próximo post. 😉

Escrito por: Taísa Ferreira Dias

© 2017, www.salaliteraria.com.br. Todos os direitos reservados.

One thought on “Vidas Roubadas, de Ana Cláudia Esquiávo [RESENHA]

  1. Confesso que nunca ouvi falar desse livro, e essa capa me assustou um pouco kkk

    Mas me parece ser um livro daqueles de superação, a resenha me chamou atenção, acho que vai ser uma boa leitura ❤️

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *