Unidos Pelo Destino, de K.C. Bergamini [RESENHA]



Título: UnidosPelo Destino

Autora: K.C. Bergamini

Páginas: 221

Editora: Amazon

Ano: 2016

 

“Ficou quieta apenas ouvindo a respiração de quem estava do outro lado da linha. Era sempre assim, o telefone tocava, ela respondia e a pessoa do outro lado não dizia nada. Christina não sabia o porquê, mas era impossível desligar o telefone, e ficava ali parada no meio da sala, em silêncio.”

 

Sinopse

As tragédias na vida de Christina provocaram consequências irreparáveis. Ainda menina, viu-se sozinha, sob a responsabilidade apenas de um tio alcoólatra. Os momentos a sós na casa se tornavam cada vez mais angustiantes. E no ápice do desespero, quando começou a ser agredida, não teve a quem pedir socorro. Um rapaz, de olhos encantadores, salvou-a dando um tiro em seu tio. De onde ele veio? Como soube que ela precisava de ajuda? Que conexão foi aquela que Christina sentiu entre eles? Yuri é seu nome. Por matar um homem, foi preso. Por salvá-la, ela quis conhecê-lo. Mas ele distanciou-se, não quis contato, manteve-se em silêncio por todos os anos de sua sentença. Agora, ao saber de sua liberdade, tanto tempo depois, Christina tem uma única missão: desvendá-lo. Mais madura, insistirá mais uma vez em descobrir todos os mistérios deixados por Yuri, despertando e sendo despertada por sentimentos intensos.

 

 

Resumo

Christina é uma jovem que acabou de ficar órfã. Perdeu seus pais e seu irmão em um acidente, do qual ela também estava e milagrosamente foi a única que conseguiu sobreviver. Logo após o terrível acidente, Christina passa a morar com os tios, mas meses depois seu tio se separa da mulher e agora apenas ele e a sobrinha dividem a casa. O tio de Christina é um homem ruim e alcoólatra. À medida que a sobrinha cresce e seu corpo se torna mais parecido com o de uma mulher adulta, o tio de Christina começa a assediá-la e uma hora ele irá passar (mais) dos limites.

Sempre seu telefone toca e no outro lado Christina apenas escuta uma respiração. Mesmo sendo esquisito, ela sente que essa outra pessoa não lhe quer mal. Algumas vezes, quando seu tio chegava tonto em casa e tentava se aproximar dela o telefone tocava salvando-a daquele momento horrível. Mas em uma das vezes, o tio de Christina ultrapassa os limites e começa a agredi-la. O telefone toca como um grito desesperado. Ela sabia que era aquela mesma pessoa, mas neste momento era tarde demais, seu tio conseguiria o que tanto queria.

Tudo aconteceu muito rápido. Alguém entra na casa e depois do barulho do tiro, Christina apenas sente o peso do tio sobre ela. Ele estava morto. O rapaz que acabou de pôr fim à vida de seu tio, a salvou do abuso e talvez até da morte. Christina estava um pouco confusa, mas sabia que aquele rapaz não lhe faria mal.

Chegando ao hospital descobriu que o rapaz havia confessado o crime e foi condenado há 8 anos de prisão. Indignada, ela faz tudo o que pode para ajudá-lo ao longo dos anos, mas parece que ele se recusa a tentar limpar seu nome.

Anos se passam e agora Yuri sai da cadeia. Após cumprir sua sentença ele poderá recuperar o tempo. Não se arrepende de ter feito o que fez para salvar Christina, mas sabia que precisava ficar longe dela, o que não seria nada fácil, já que ela sempre tentou manter contato com ele. E Christina realmente não desistiu de se aproximar e a paixão entre os dois falou mais alto. Ficar longe já não é mais uma opção. Porém, Yuri esconde um segredo de Christina, que pode pôr um fim a esse relacionamento.

 

Minhas Impressões sobre Unidos Pelo Destino

Christina é uma personagem forte, mas ao mesmo tempo muito abalada com seu passado. Ainda é difícil para ela aceitar a morte de seus pais e o que aconteceu com seu tio (o abuso e a violência). Yuri é um personagem que não tem como você não se apaixonar por ele. Carregar um segredo como o dele não é fácil e se culpar como ele se culpa é motivo o bastante para todas as decisões que ele toma.

É bem fácil conhecer o seguimento que a história irá ter, mas de forma alguma isso se torna prejudicial para o livro. Você quer ler mais e mais para saber o que vem à frente. Talvez essa vontade que senti de ler mais tenha se dado ao fato que a autora trabalha muito a exposição dos sentimentos dos personagens. Achei as cenas um pouquinho corridas em alguns pontos, podendo ser mais trabalhadas com uma descrição do local, nada muito detalhado, só para o leitor ter um pouco mais de noção do cenário.

Uma coisa que achei super legal no livro foi a autora ter sugerido músicas para cada capítulo do livro. “Sugiro que você escute as músicas durante a leitura de cada capítulo, isso ampliará ainda mais as emoções da história desse maravilhoso casal.”

Gostei muito da capa, ilustrada por Gabriel Casanova, que tem um ar de mistério e que reflete muito bem a vida do casal até o ponto onde se resolvem.

O livro em si me agradou muito, mesmo não sendo um livro muito diferente. A história é romântica, mas com aquela pitadinha de hot, que para quem não curte muito não atrapalhará o livro. 

 

Participe!

Esse foi o quinto livro resenhado através do projeto Resenhando Nacionais, do Traduzindo Palavras e espero que tenha gostado da resenha. Se ficou curioso, compre o livro e ajude a divulgar nossos autores nacionais. Deixe nos comentários a sua opinião e contribua com crescimento do blog, agregando sua visão sobre a história.

Livros precisam ser lidos, relidos e discutidos.

Aproveite e assine o nosso BOLETIM, localizado na lateral do site e fique por dentro das novidades aqui do blog. Não se esqueça de conferir nossa última resenha do livro Ignácio e Annabella, de Nathalia Cacilie.

Um abraço e até o próximo post. 😉

Escrito por: Taísa Ferreira Dias



© 2017, www.salaliteraria.com.br. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *