Um Ano Sabático, de Renata R. Corrêa [RESENHA]

Título: Um Ano Sabático

Autora: Renata R. Corrêa

Páginas: 264

Ano: 2017

 

Sinopse

Quando os sonhos de Rafaela, uma jovem fisioterapeuta, se transformam em pesadelos, ela é diagnosticada com Síndrome de Burnout. De repente, nada mais em sua vida parece fazer sentido, e na busca de si mesma e da felicidade perdida ela precisará ter coragem para recomeçar do zero. 
No seu ano sabático, um tempo de descanso, aprendizado e recomeços, ela se redescobrirá, encontrando coisas que se perderam com o tempo e tentará resgatar a simplicidade dos valores importantes da vida. No meio dessa encruzilhada, que definirá o rumo do seu destino, ela conhecerá o amor verdadeiro. Tudo isso serão pilares fundamentais para sua recuperação e, quem sabe, para encontrar a verdadeira felicidade.

Skoob | Amazon

 

 

Minhas conclusões sobre Um Ano Sabático

Rafaela saiu cedo de sua casa no interior para estudar na cidade grande. Ela se tornou uma excelente fisioterapeuta e trabalha em uma clínica. Sua rotina de trabalho é intensa o que acaba atrapalhando sua vida pessoal, principalmente em relação a Bruno, seu namorado há anos.

A pressão por todos os lados faz com que Rafaela entre em colapso e precise ser encaminhada para um hospital, onde o médico lhe dá o diagnóstico de Síndrome de Burnout.

Conforme explicou o médico, a dedicação exagerada à atividade profissional é uma característica marcante de Burnout, mas não a única. O desejo de ser o melhoor e sempre demonstrar alto grau de desempenho é outra fase importante na síndrome: o portador de Burnout mede a autoestima pela capacidade de realização e sucesso profissional.

Para seu tratamento, além dos remédios e da terapia, Rafaela precisa começar a dizer alguns nãos e mudar completamente sua rotina e sua vida. Ela decide terminar o namoro, alugar um novo apartamento, se afastar do trabalho e focar mais em se descobrir.

Um Ano Sabático foi como um Déjà Vu para mim. Não teve como não me identificar com Rafaela, pois há anos passei por uma situação bastante semelhante. 

Infelizmente um doença muito comum hoje, mas que poucos conhecem o nome, a autora conseguir trazer o assunto de forma clara através da história de Rafaela.

Acompanhar o caminho que a personagem trilhou em um ano, foi em parte doloroso e em parte satisfatório. Através dos olhos de Rafaela vi que é possível colocar a vida nos trilhos novamente e enxergar os exageros que nos obrigamos a fazer. Ao longo da história, novas surpresas vão aparecendo na vida da personagem, que a ajudam a se levantar.

Os livros da Renata sempre despertam em mim emoção e principalmente esperança. Com Um Ano Sabático não foi diferente. Ao finalizar a leitura, senti que sonhar é necessário e lutar por uma vida melhor, em todos os sentidos, é essencial. Mais do que um livro com uma história bonita, Renata deixa uma reflexão sobre o que estamos fazendo com nossas vidas em um mundo completamente acelerado. Acredito, que a história de Rafaela possa abrir os olhos de muitas pessoas, impedindo que outros passem pelo mesmo.

Quando os sonhos se transformam em pesadelos e nada mais parece fazer sentido, só há uma escolha a ser feita: abandonar tudo e recomeçar do zero, em busca de si mesmo e da felicidade perdida.

 

Participe!

Espero que tenha gostado da resenha. Se gostou do livro e quer conhecê-lo melhor, você pode adquirir no link abaixo da sinopse. Deixe nos comentários a sua opinião e contribua com crescimento do blog, agregando sua visão sobre a história.

Não se esqueça de conferir a nossa resenha do livro Corte de Espinhos e Rosas, de Sarah J. Maas.

Um abraço e até o próximo post. 😉

 

Escrito por: Taísa Ferreira Dias

© 2017, www.salaliteraria.com.br. Todos os direitos reservados.

2 thoughts on “Um Ano Sabático, de Renata R. Corrêa [RESENHA]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *