Porção Literária – Os Filhos dos Imortais – A Herança do Novo Mundo, de Wallace Cavalcante



Olá leitores do Sala Literária! Essa semana postei aqui no blog a resenha do livro Os Filhos dos Imortais – A Herança do Novo Mundo, de Wallace Cavalcante. E hoje, trouxe para vocês em nossa Porção Literária, alguns dos trechos que se destacaram durante toda a história.

O livro Os Filhos dos Imortais – A Herança do Novo Mundo é repleto de fantasia, aventura e emoção. Faz tempo que não lia um livro tão intenso e tão bem construído. Você pode conhecer um pouco mais sobre esse livro e conferir minha opinião sobre a obra de Wallace Cavalcante aqui.

Sem mais enrolação, vamos às Porções de hoje!

os filhos dos imortais
Os Filhos dos Imortais – A Herança do Novo Mundo, de Wallace Cavalcante

 

As Porções

 

A Sombra tinha duas certezas. Primeiro: era imortal, por isso não precisava se preocupar com a idade. Segundo: nada neste mundo poderia feri-la, fisicamente, ou sentimentalmente. No entanto, estas duas convicções estavam erradas.

 

Com as duas mãos apoiadas no tronco. Morom deu parte de sua energia a Galran. Quando terminou, estava exausto. Respirava com dificuldade. Ele se afastou para observar Galran. Mas a árvore não demonstrava qualquer sinal de vida. Seus galhos não cresceram. Suas folhas não voltaram a ter a mesma cor verde reluzente de antes.

 

Os tremores vinham do leste e do oeste – não era um terremoto natural. – Antes que pudessem fugir, nossos aventureiros foram surpreendidos por alfs brancos, gigantes, que aparecem à frente deles. Outros, agora da cor cinza, surgiram logo atrás. Estavam encurralados.

 

Existem magos, feiticeiros, bruxos e todas essas coisas no Novo Mundo, sim, claro que existe, afinal, aqui é onde mora a fantasia, além disso, foi a Magia Pura quem deu vida a todos nós, portanto, é claro que existem pessoas com poderes extraordinários que usurfruem de suas habilidades dizendo palavras mágicas.

 

Esta história está cheia de lutas memoráveis, criaturas fantásticas, e mais um monte de coisas que compõem uma boa história. Os Filhos dos Imortais é um livro de lembranças. Hoje, desfrutamos de uma paz conquistada com esforço, um esforço de homens que lutaram bravamente para que pessoas como eu, possam se sentar em uma cadeira reconfortante de sua casa, sem temores.

 

Eu acho que eu vou me arrepender. Mas, já que o mundo pode acabar com ou sem a minha ajuda. Eu prefiro morrer ajudando.

 

Piclin viu o mar abaixo dele agitando-se. Gotas d’água começaram a subir. As gotas formaram uma grande cauda e viraram gelo. Tinham o formato de lanças afiadas e perigosas. Aldoran lançou-as em direção aos aruls.

 

Participe!

Todas as semanas destacamos os melhores trechos dos livros em nossa Porção Literária e você pode participar. Deixe nos comentários qual livro você gostaria que fosse destaque aqui. Aproveite para ver nossa Porção Literária da semana passada com o livro Dançando Sobre Cacos de Vidros, de Ka Hancock, e também a resenha que fizemos deste mesmo livro.

Se você quer estar atualizado sobre as novidades aqui do blog e receber em primeira mão nossos posts, assine o BOLETIM localizado na lateral do site.

Abraço e até a próxima Porção! 😉

Escrito por: Taisa Ferreira



© 2016, www.salaliteraria.com.br. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *