Novo Mundo, de Mariáh Santos [Resenha]



Título: Novo Mundo

Autora: Mariáh Santos

Páginas: 219

Editora: Amazon

Ano: 2016

 

“Se está lendo isso é porque você é como nós ou então luta por uma causa maior, a sua sobrevivência enquanto o governo te caça.”

 

Resumo

novo mundoNo ano de 2045 houve a Primeira Guerra Nuclear. Após a quase destruição do nosso planeta, uma praga, chamada de Maerens Sanguinem, matou milhares de pessoas deixando a população sobrevivente à guerra totalmente em pânico. Havia uma peculiaridade nessa doença. Ela afetava a todos, menos as pessoas portadoras do sangue tipo AB-.

Por que isso acontecia? Ainda não se sabe, mas o governo passou a caçar todas as pessoas com esse tipo sanguíneo com a intenção de estudá-las e encontrar a cura. Porém, todos que eram levados para fazerem os testes nunca mais voltavam e por isso, todas as pessoas AB- se escondiam entre os demais.

Ana De La Vega era uma tipo AB- e se escondia em uma das regiões criadas para proteger a população da Maerens Sanguinem. A região onde ela morava era a mais segura no momento.

Ana viu seus pais sendo mortos para proteger ela e o irmão, que agora está desaparecido, certamente porque foi pego para os estudos. E agora Ana passa seus dias preocupada com a vinda dos militares e que eles possam levá-la também.

Em busca de suprimentos, Ana conhece Renata e Rafael, que são irmãos, Igor, Joaquim, que é médico e pai de Igor, e Marcos, o comandante da região em que Ana foi em busca de suprimentos. Eles se mudam para a região de Ana como troca para lhe fornecerem suprimentos.

A entrada dessas pessoas mudará completamente a vida dos habitantes dessa região, principalmente a vida de Ana De La Vega.

 

Minhas Conclusões sobre Novo Mundo!

Infelizmente não posso entrar muito em detalhes para não dar spoiler. Novo Mudo não é um livro com muitas páginas, e por isso não tem como falar muito e não revelar grande parte da história.

Mesmo com poucas páginas, a autora Mariáh foi capaz de inserir momentos fortes por todo o livro, e eu amo livros cheios de energia.

O livro começa com uma carta de Ana contanto sobre sua história e como se tornou uma revolucionária, e por isso todo o livro é narrado na visão dela. Achei isso super legal, pois dá a sensação de que você realmente encontrou a carta e está sendo chamado a participar do grupo.

A história tem essa pegada apocalíptica, mas sem zumbis e a natureza se rebelando contra a humanidade. O fator principal é um vírus capaz de matar uma pessoa em pouco tempo. Mais uma vez, as pessoas precisam lutar contra um fator externo, que está matando a população e contra os próprios seres humanos, que não medem esforços para encontrar a cura. De um lado a doença mata os fracos e do outro o ser humano mata os fortes. Isso me fez pensar se não há mais coisa escondida por trás disso tudo.

A escrita é super leve o que me fez terminar o livro em um dia, fora o desenrolar da trama que deixa você vidrado e com vontade de saber o que acontecerá com Ana. O final foi muito bem elaborado o que deixou uma brecha para uma continuação e gostinho de quero mais.

O livro está disponível para compra na Amazon. Ainda essa semana você poderá conferir os melhores trechos do livro Novo Mundo, de Mariáh Santos aqui no blog. Fique de olho. 😉

 

Participe!

Espero que tenha gostado dessa resenha. Compre o livro e ajude a divulgar nossos autores nacionais. Deixe nos comentários sua opinião, contribua com crescimento do blog agregando sua visão sobre a história.

Livros precisam ser lidos, relidos e discutidos.

Aproveite e assine o nosso BOLETIM, localizado na lateral do site e fique por dentro das novidades aqui do blog. Não se esqueça de conferir nossa última resenha: Surpresa!, de A. Britto e a Porção Literária deste mesmo livro, com os melhores trechos da história.

Um abraço e até o próximo post. 😉

Escrito por: Taísa Ferreira Dias



© 2016, www.salaliteraria.com.br. Todos os direitos reservados.

25 thoughts on “Novo Mundo, de Mariáh Santos [Resenha]

  1. Olá

    Esse livro tem uma proposta muito interessante, viu? Fiquei interessada na leitura, já que não conhecia a autora e tal. Gostei bastante das suas impressões. Fiquei muito curiosa com a questão do tipo sanguíneo e adc o livro a minha lista de desejados. Espero ler em breve!!

    Beijos

  2. Oi, Taisa!

    Todo esse universo apocalíptico sempre me interessou. Não conhecia esse livro, mas já entrou para a minha lista. Por ser nacional só me interessou ainda mais. Adorei suas impressões e estou louca para inicar a leitura, obrigada pela dica!

    Sucesso com o blog sempre!
    Beijos, Belle.
    floraliteraria.blogspot.com

  3. Oi, tudo bem?
    Eu gosto muito de distopias e faz tempo que uma não me atrai tanto quanto essa. É uma pena o livro só ter formato ebook, pois evito esse formato, mas acho que vou abrir uma exceção pois realmente quero lê-lo.

  4. Oi
    Gostei muito da premissa do livros e suas impressões confirmaram minhas suspeitas de que é um livro que vale a pena ser lido.
    Gosto desses livros futurísticos com catástrofes e luta pela sobrevivência.
    Fiquei com gostinho de quero mais!
    Dica anotada.
    Beijinhos
    Rizia – Livroterapias

  5. Olá!

    Adorei a ideia da história, fiquei muito interessada após ler suas opiniões e saber mais sobre; a parte que mais me agrada é que é um mundo apocalíptico mas sem zumbis, o que diferencia da maioria; sou amante desse tipo de histórias, mas não conhecia essa obra.Adorei ter conhecido e vou marcar como próxima leitura.
    Beijos, Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

  6. Oie!!
    Nossa menina, gosto muito de uma distopia, esse livro se enquadra em uma, não?
    Não conhecia o livro, mas a sua resenha me chamou a atenção e o que eu posso dizer é que eu vou dar mais uma pesquisada por ai para saber um pouco mais sobre o livro e quem sabe assim eu não o adquira tbm!

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

  7. Olá!

    Adorei poder conferir suas considerações a respeito desse livro, especialmente por nunca ter ouvido falar dele ou da/do autor (a).
    A trama pareceu muito interessante e essa questão sanguínea foi bem original.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9¾

  8. Olá!
    Adoro livros pós apocalípticos e esse me chamou muito a atenção, ainda mais por ser pequeno e fluído, acho que leria em bem pouco tempo. Só não gostei dessa capa, acho que não tem nada a ver com a história.
    Beijos.

  9. Olá, como vai?
    Gostei da premissa do livro, me encanto por enredos que se passam em um futuro apocalíptico ou não. A escrita da autora por ser leve, acredito que o livro discorra bem e que mesmo em e-book consigamos acompanhar e terminar a leitura rapidinho. Fique curioso quanto a este virus que anda dizimando a sociedade, apesar do pior mesmo serem os próprios humanos.

  10. Olá,
    Adorei a premissa do livro e eu seria uma das pessoas a me esconder caso vivesse nesse mundo! Tenho tipo sanguíneo AB-!
    Gostei bastante de saber suas impressões sobre a obra e só me fizeram ficar intrigada pela leitura pelo fato de ser um livro curto, leitura rápida e ainda assim ser cheio de energia.
    Muito curiosa para saber porque as pessoas com tal tipo sanguíneo que eram capturadas não voltavam mais…

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

  11. Oi Taísa!
    Eu não conhecia o livro nem a autora, mas a premissa da história me parece interessante. Gosto de enredos pós apocalípticos – o que algumas vezes me afasta deles é quando tem zumbis no meio, que não gota nada. Porém, como esse tem uma outra pegada, me interesso mais!
    E por ser um livro nacional, fico mais contente e entusiasmada em ler. A Capa é bem bonita também!
    Bjss

  12. Oi, Taisa

    Gostei bastante da proposta, sempre curto essas histórias meio apocalípticas. Fiquei curiosa para saber o porquê de só as pessoas com sangue AB- serem imunes. Só não curti muito a capa, achei muito contemporânea, sabe? Leria sim o livro! 😉

    Beijos

  13. Olá!
    Gosto muito de histórias apocalipticas e fiquei interessada nessa, principalmente, por não termos zumbis, mas a natureza se rebelando contra o homem, pois acho que é algo passível de acontecer, sabe?
    Também gostei de saber que a escrita é leve.
    Vou super anotar essa dica.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

  14. Olá, como vai?

    POr essa frase, eu compraria o livro:
    “Se está lendo isso é porque você é como nós ou então luta por uma causa maior, a sua sobrevivência enquanto o governo te caça.”

    Somado a isso temos uma resenha muito legal de um livro que pode não ser muito grande, mas dá conta do recado.

    Por fim, gostei do incentivo que você dá aos autores nacionais

    Sucesso sempre!

  15. Oi, não conhecia esse livro, mas gostei da temática e confesso que atraiu minha atenção! O jeito que você falou sobre a história, todo esse mistério envolvendo a doença e os não atingidos, os desaparecidos para estudos… Enfim, realmente fiquei tão curiosa que vou passar lá amazon e ver sobre o livro e quem sabe até adquiri-lo. Realmente é bem importante apoiar a literatura nacional e é bem legal que vocês estejam fazendo isso! Parabéns pela atitude.
    Um beijo
    http://www.brookebells.com

  16. Oi, tudo bem?
    Então, não conhecia o livro, mas pelo que li vi que é um livro de distopia e eu gosto bastante do gênero, e não sei porque, mas ele me lembrou um pouco a série divergente haha bom, de qualquer modo, dica anotada, espero pode lê a obra em breve e espero gostar dela tanto quanto você haha

  17. Fiquei imaginando esse mundo apocalíptico e acho que fiquei master curiosa. Entendo o seu medo de spoiler, mas queria saber mais do livro, então, vou procurar pra comprar agora mesmo. Amei a dica.
    Beijos

  18. Ola
    A proposta me pareceu intrigante. Adorei poder conferir suas impressões a respeito desse livro, especialmente porque não conhecia. Achei ousado a questão do tipo sanguíneo e curiosa de o porque eles não voltarem, entre outros questionamentos. Acredito que faz o leitor refletir um pouco também…
    Beijos, Fer
    http://www.segredosemlivros.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *