Antes que o Tempo Acabe, de L. A. Melo [RESENHA]



Título: Antes que o Tempo Acabe

Autor: L. A. Melo

Páginas: 296

Editora: Young Editorial

Ano: 2016

 

“Meu sonho sempre foi ser reconhecida, ser lembrada. Lembrada como Claire Withley aquela que expôs toda sua fúria, sua alegria e tristeza através de sua arte. Aquela que pode tornar pessoas felizes, sendo feliz… A que sempre será ligada a bons momentos e foi amada.”

 

Sinopse

Claire Withley, uma eximia nadadora, tem uma vida aparentemente perfeita e está prestes a subir mais um degrau em sua vida profissional quando uma terrível doença cruza o seu caminho. Com a estimativa de oito meses de vida, sem seu namorado e com os laços da família se corroendo, ela terá apenas a companhia de Lisa e Albert Louis “Alo” Watson, um misterioso estudante de psicologia que a conhece por intermédio de duas perguntas: Claire viverá o tempo que lhe resta em forma de grandes aventuras ou abdicará de seus direitos se entregando totalmente para dor? Ela terá que conhecer a si mesma para responder as duas perguntas que lhe assombram, antes que o tempo acabe.

 

Resumo

Claire Withley é uma adolescente com um futuro promissor. Ela é uma ótima nadadora, mas esse não é seu sonho, ela deseja ser uma artista, uma grande pintora. A mãe de Claire quer que ela siga carreira como nadadora, então a filha, para não desaponta-la, decide lutar por uma vaga na seleção nacional.

Claire namora seu treinador, Hank, mas o relacionamento dos dois é mais profissional do que pessoal. Sua melhor amiga se chama Lisa, que é super extrovertida e completamente louca, mas faz todos ao seu redor muito felizes.

Em uma das noites em que pintava quadros, escondida (por causa da mãe), um jovem estudante de psicologia, Albert Louis Watson bate à sua porta procurando pessoas para participarem de uma entrevista para seu projeto. Irritada por ter sido interrompida ela bate a porta contra o garoto, mas não consegue se livrar dele, pois dias depois o mesmo quase a atropelou. Aos poucos os dois foram se conhecendo e se aproximando (com uma ajudinha da Lisa, claro!) e logo ela descobre que Albert, mais conhecido como Alo, é filho do médico que cuida da família Withley.

Voltando à Claire, claro que ela não é a única que está disputando a vaga na seleção. Por causa da inveja de uma concorrente, ela é drogada e acaba sofrendo um acidente, despertando uma doença que se encontrava adormecida no corpo de Claire. A partir deste momento tudo muda e ela precisa aproveitar o máximo de tempo perto das pessoas que ama.

 

Minhas Impressões Sobre Antes que o Tempo Acabe

 

Antes que o Tempo Acabe foi um dos livros mais sofridos que li este ano, mas ao mesmo tempo o mais lindo. Apesar do autor ser bem novo, senti que ele foi capar de expressar muito bem os sentimentos dos personagens. Antes que o Tempo Acabe me lembrou (no quesito sensação) o livro A Culpa é das Estrelas, mas não pense que se trata do mesmo assunto, porque não é!

L. A. Melo trata neste livro sobre a Esclerose lateral amiotrófica – ELA, uma doença que provoca a paralisação motora gradativamente e é irreversível. Para a idade de Claire a doença é rara, e ainda não existe tratamento, então imagine o momento em que descobre que não poderá mais pintar, nadar, ou fazer qualquer coisa, principalmente viver. Senti que o autor conseguiu expressar muito bem o sofrimento dos personagens ao receber a notícia e conviver com Claire vendo ela passar por tudo.

Claire é uma personagem muito forte e madura. Sofreu com a notícia, mas souber lidar bem com a situação até o último momento. Os personagens secundários foram muito bem trabalhados. A mãe de Claire, Irene, é uma mulher que cuida bem das filhas, mas é um pouco ranzinza, mas seu passado frustrante fez parte disso. Apesar de tudo, soube lidar com a doença da filha e foi forte e madura o suficiente para aguentar tudo. O pai, Robert, sempre amou muito a filha, era o mais sensato da família e a doença foi sua ruína, destruindo-o totalmente. Katie, a irmã mais nova da Claire, é uma fofa e as duas tem uma ligação muito forte, tanto que Katie se espelha na irmã para tudo. A avó Alicia, é uma mulher positiva e que está sempre ao lado das netas e foi essencial para dar forças à Claire.

Lisa é a amiga, louca e engraçada, e nas horas vagas é a cupido da Claire. Ela não gosta do namorado de Claire, o Hank, o ogro, chato e canalha. Quando você ler o livro vai entender. E por fim, Alo, o filho do médico da família de Claire, que é fofo, educado e que esteve o tempo todo ao lado dela.

A única coisa que fiquei um pouco em dúvida, foram alguns pequenos momentos do livro onde todos ficavam muito felizes cheios de abraços e risadas como se eles não tivessem a idade que tem. Fiquei um pouco confusa e até me questionando sobre a maturidade dos personagens, mas isso aconteceu muito pouco, então é praticamente irrelevante.

E por falar em momentos do livro… o final! Óbvio que não vou contar, mas preciso dizer que foi incrível e que o autor me deixou surpresa em como conseguiu transformar uma cena que já era tão difícil em algo tão marcante. Passei dias pensando no final e relembrando todas as sensações e falas.

A escrita do autor é super leve, a história extremamente reflexiva e marcante. É impossível não se emocionar junto com os personagens, assim como se apaixonar ou odiá-los. Recomendo o livro para quem gosta de um drama bem estruturado, com pitadas de ensinamentos e regrado a muita emoção.

Vou deixar para vocês abaixo o Trailer Book do livro!

 

Participe!

Espero que tenha gostado da resenha. Se quiser conhecer mais o autor, fizemos um cantinho especial para ele aqui no blog. Se ficou curioso, compre o livro e ajude a divulgar nossos autores nacionais. Deixe nos comentários a sua opinião e contribua com crescimento do blog, agregando sua visão sobre a história. Aproveitei a leitura para incluí-la no Desafio Literário Livreando 2017, que você pode conhecer mais clicando aqui.

Livros precisam ser lidos, relidos e discutidos.

Aproveite e assine o nosso BOLETIM, localizado na lateral do site e fique por dentro das novidades aqui do blog. Não se esqueça de conferir nossa última resenha do livro Unidos Pelo Destino, de K.C. Bergamini.

Um abraço e até o próximo post. 😉

Escrito por: Taísa Ferreira Dias



© 2017, www.salaliteraria.com.br. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *