Pequenas Grandes Mentiras, de Liane Moriarty [RESENHA]

Título: Pequenas Grandes Mentiras

Autora: Liane Moriarty

Páginas: 400

Ano: 2015

Editora: Intrínseca

 

Sinopse

Depois do sucesso de O segredo do meu marido, a autora australiana Liane Moriarty apresenta um livro ousado sobre as perigosas meias verdade que contamos a nós mesmos para sobreviver.
Com muita bebida e pouca comida, o encontro de pais dos alunos da Escola Pirriwee tem tudo para dar errado. Fantasiados de Audrey Hepburn e Elvis, os adultos começam a discutir já no portão de entrada, e, da varanda onde um pequeno grupo se juntou, alguém cai e morre.
Quem morreu? Foi acidente? Se foi homicídio, quem matou?
Pequenas grandes mentiras conta a história de três mulheres, cada uma delas diante de uma encruzilhada.
Madeline é forte e decidida. No segundo casamento, está muito chateada porque a filha do primeiro relacionamento quer morar com o pai e a jovem madrasta. Não bastasse isso, Skye, a filha do ex-marido com a nova mulher, está matriculada no mesmo jardim de infância da caçula de Madeline.
Celeste, mãe dos gêmeos Max e Josh, é uma mulher invejável. É magra, rica e bonita, e seu casamento com Perry parece perfeito demais para ser verdade.
Celeste e Madeleine ficam amigas de Jane, a jovem mãe solteira que se mudou para a cidade com o filho, Ziggy, fruto de uma noite malsucedida.
Quando Ziggy é acusado de bullying, as opiniões dos pais se dividem. As tensões nos pequenos grupos de mães vão aumentando até o fatídico dia em que alguém cai da varanda da escola e morre. Pais e professores têm impressões frequentemente contraditórias e a verdade fica difícil de ser alcançada.
Ao colocar em cena ex-maridos e segundas esposas, mãe e filhas, violência e escândalos familiares, Liane Moriarty escreveu um livro viciante, inteligente e bem-humorado, com observações perspicazes sobre a natureza humana.

Skoob | Compre: Amazon (Físico) | Amazon (Digital) | Submarino | Shoptime | Americanas | Livraria Cultura

 

Minhas Conclusões sobre Pequenas Grandes Mentiras

Olá leitores do Sala Literária. Nessa última semana acabei deixando vocês sem resenha aqui no blog (sorry). Infelizmente tive problemas para subir a resenha para vocês e ontem (04/03/2018) estava prestando um concurso, então meu tempo foi totalmente voltado para isso.

Agora, sem mais enrolação, bora para a resenha!

Apesar de O Segredo do Meu Marido ter sido um livro muito comentado aqui no Brasil, Pequenas Grandes Mentiras foi o primeiro livro da autora que li.

Em Pequenas Grandes Mentiras conhecemos 3 mulheres com vidas completamente diferentes.

Madeline é super animada, independente, super mãe de três filhos e um pouquinho estourada. Ao mesmo tempo que enfrenta os desafios da vida, ainda tem que lidar com a presença do ex-marido.

Celeste é esposa, mãe e mulher perfeita. Tem dinheiro, uma casa linda, um marido amoroso e filhos lindos. Aos olhos das pessoas ela tem uma vida maravilhosa, tudo que todas sonham em ter.

E por fim, Jane, uma jovem de 24 anos que acabou de se mudar e conhece Madeline e Celeste na escola de seu filho Ziggy. Seu filho é fruto de uma relação de uma noite só e ninguém sabe o paradeiro do pai.

De início a história traz o dia do suposto homicídio, exposto através de interrogatórios da polícia a alguns pais que estavam na festa organizada pela escola no momento. Esses interrogatórios são revelados ao longo dos capítulos nos levando a buscar o culpado. Esses mesmos interrogatórios me causaram um pouco de confusão, pois são diversos personagens que ainda não nos foram apresentados falando sobre outros personagens que também não conhecemos.

Apesar de iniciar com o assassinato, a autora retoma alguns meses revelando toda a história por trás daquele fatídico homicídio. O que a autora acaba revelando são vidas que aparentemente são perfeitas, mas que na verdade não são. O que não passa da verdade. Assim como na vida real, os personagens de Pequenas Grandes Mentiras veem e julgam a vida alheia como perfeita, ou até mesmo com problemas que na verdade não existem.

Mesmo o assassinato sendo o grande gancho dessa história a autora não se apegou apenas a isso. É sim o suposto homicídio o grande encarregado da manutenção do enredo, mas ao mostrar a vida dessas três personagens percebemos outras questões tão interessantes e provocantes quanto o suposto homicídio.

Há momentos engraçados durante a história, principalmente quando Madeline está envolvida (claro!). Mas também há momentos de cortar o coração, sobretudo os que envolvem Ziggy. Neste ponto é possível notar a sutileza com que a autora trouxe a diferença entre a atitude de uma criança e de um adulto.

A autora mostra a violência doméstica neste livro, revelando o quão oculto ele pode estar. A forma como ela introduz essa ação no enredo, nos leva a questionar por um bom tempo se realmente é sobre a violência que ela fala. Até que finalmente ela nos revela os detalhes construindo uma evolução da violência. Isso nos faz refletir que uma “simples” agressão verbal, por exemplo, ou uma “briguinha” eventual pode se tornar uma violência física em uma questão tempo.

Não é um livro com uma história fascinante, especialmente por trazer muitos episódios cotidianos. E apesar de não gostar muito de livros com um enredo mais ameno como esse, acredito que foi justamente essa a intensão da autora. Mostrar que em vidas comuns há muito por trás, muito mais do que imaginamos e que não estamos livres de consequências.

Tanto Pequenas Grandes Mentiras quanto O Segredo do Meu Marido (prometo não demorar com a resenha deste) estavam na minha lista já nem sei quanto tempo. Porém, com a leitura conjunta do Livros & Fuxicos deste mês me senti animada a iniciar a leitura.

 

Participe!

Espero que tenha gostado da resenha. E se você gostou do livro e quer conhecê-lo melhor, você pode adquirir nos links abaixo da sinopse. Não se esqueça de conferir a nossa última resenha do livro Estamos Bem, de Nina LaCour.

Um abraço e até o próximo post. 😉

Escrito por: Taísa Ferreira Dias

© 2018, www.salaliteraria.com.br. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *