Estamos Bem, de Nina LaCour [RESENHA]

Título: Estamos Bem

Autora: Nina LaCour

Páginas: 224

Ano: 2017

Editora: Plataforma 21

 

Sinopse

Marin deixou tudo para trás. A casa de seu avô, o sol da Califórnia, o corpo de Mabel e o último verão agora são fantasmas que ela não quer revisitar. O retrato de uma história em que já não se reconhece mais. Ninguém nunca soube o motivo de sua partida. Nada se sabe sobre a verdade devastadora que destruiu sua vida. 
Agora, ela vive em um alojamento vazio e está sozinha no inverno de Nova York. Marin está à espera da visita de sua melhor amiga e do inevitável confronto com o passado. As palavras que nunca foram ditas finalmente se farão presentes para tirá-la das profundezas de sua solidão.

Skoob | Compre: Amazon (Físico) | Amazon (eBook) | Submarino | Fnac | Livraria da Folha | Americanas | Livraria Cultura (Digital) | Livraria Cultura (Físico) 

 

 

Resumo

Marin morava com seu avô desde pequena, quando sua mãe foi levada pelo mar. A relação de ambos era distante, mas ela nunca sentiu que algo mais poderia estar acontecendo. Cresceu ao lado de Mabel, sua grande amiga, da qual ela criou um grande laço de amizade e carinho.

Com a morte de seu avô, Marin descobre coisas sobre sua vida que a leva a tomar a decisão de fugir, deixando todos sem notícias suas por um bom tempo.

Agora, ela está no seu primeiro ano de faculdade e apesar de estar rodeada de pessoas ao mesmo tempo está sozinha. A depressão e a incerteza de que seu passado foi mesmo real a atormenta.

A notícia de que Mabel irá visitá-la no natal, quando todos foram visitar suas famílias, traz atona todo o seu passado e dessa vez ela não terá como fugir.

 

Minhas Conclusões sobre Estamos Bem

Estamos Bem foi uma leitura diferente para mim dessa vez. Tem muito tempo que não leio um livro imersão em tanta tristeza. Senti na escrita da autora a depressão e a tristeza da personagem o tempo todo.

A história começa com Marin no primeiro ano da faculdade e ao longo da história somos apresentados a flashbacks, que explicam a Marin do presente. Antes disso e por pelo menos metade do livro fiquei bem perdida, tentando compreender o motivo da personagem estar depressiva, isolada e muito preocupada com a chegada de Mabel.

Com um texto bem arrastado, o que me motivou a chegar ao final do livro foi justamente conseguir entender toda a confusão na mente de Marin. Mas acredito que a melancolia que tornou o texto arrastado seja proposital. A intensão da autora provavelmente foi de transmitir o sentimento da personagem.

Além do tema depressão, a autora ainda nos revela um relacionamento LGBT durante o livro, que foi apresentado de forma leve e natural. Mas ao mesmo tempo senti falta de mais aprofundamento nos personagens, nas relações e nos flashbacks.

A capa retrata bem o presente e o passado da personagem juntamente com o clima do livro. Para mim, esse é um ponto positivo. Gosto muito que os livros venham com capas que realmente retratem a história, afinal a capa também faz parte daquele trabalho.

Estamos Bem traz uma história triste, mas com muito a ser pensado. Retrata até bem, dentro das poucas páginas, a depressão e como é importante a presença das pessoas que amamos e que nos amam. Ele também fala um pouco sobre o luto e a perda, de si e das pessoas à nossa volta.

Este livro só não me conquistou muito porque a história é contada de forma lenta e arrastada, e como leitora prefiro livros com narrativas mais intensas e rápidas. Mas para quem gosta de narrativas do tipo desse livro aproveitará bem a leitura.

 

Participe!

Espero que tenha gostado da resenha. E se você gostou do livro e quer conhecê-lo melhor, você pode adquirir nos links abaixo da sinopse. Não se esqueça de conferir a nossa última resenha do livro Uma Chance Para Amar, de Mari Monni.

Um abraço e até o próximo post. 😉

Escrito por: Taísa Ferreira Dias

© 2018, www.salaliteraria.com.br. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *