13 maravilhosos livros nacionais de terror



Olá leitores do Sala Literária! Hoje trazemos para vocês 13 maravilhosos livros nacionais de terror!

Decidimos presentear vocês com um post diferente essa semana. Como vocês sabem, nosso blog prioriza a literatura nacional, e é incrível como encontro cada vez mais livros surpreendentemente perfeitos!

Na última resenha aqui do blog, destaquei O Demonologista, um livro de terror publicado pela DarkSide e que eu adorei. E por causa dele parei para refletir que nunca li um livro nacional de terror e acredito que assim como eu, muitos também não.

Então, aproveite nosso post para conhecer um pouco mais desses livros e quem sabe (na verdade eu espero) você não queira se aventurar nesse novo cenário e descobrir histórias sensacionais!

 

1. Terra Morta – Fuga, de Tiago Toy

terra morta

Editora: Draco

Páginas: 248

Ano: 2011

Tiago é um rapaz introspectivo que sempre sonhou em viver na megalópole de São Paulo e buscar novos desafios. Só não imaginava que sua chance chegaria da pior maneira possível. Jaboticabal, sua cidade natal, é o cenário de um terrível apocalipse zumbi, uma tragédia que parece saída de um videogame ou filme de terror. 

De repente, o jovem acostumado a treinos de parkour e muito trabalho precisa lutar para sobreviver. Nenhum local é seguro, ninguém mais é confiável, água e comida não são mais garantidas no dia a dia. Mesmo que a mente custe a acreditar, não há tempo para duvidar da realidade. A única opção é fugir. (Fonte: Saraiva)

Em Terra Morta a história de zumbi não se repete em cidades grandes e populosas, mas em uma cidade pequena do interior de São Paulo. Além dos zumbis, Tiago, o personagem principal, precisa lidar com outro inimigo: outros seres humanos, que farão de tudo para sobreviver e conseguir o que querem em meio ao caos.

Terra Morta não se encerra no primeiro livro (Fuga) tendo a continuação já publicada também pela editora Draco. É um ótimo livro para quem gosta do tema zumbi e quer se aventurar em uma obra brasileira. Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, mas pela sinopse e pelas recomendações de outros leitores creio que seja um ótimo livro.

 

2. Encruzilhada, de Lúcio Manfredi

encruzilhada

Editora: Draco

Páginas: 160

Ano: 2015

Quando se está perdido dentro de si mesmo, como encontrar a saída?Max é apenas um matador profissional em vias de se aposentar. Mas ao recusar o que deveria ser seu último trabalho, acaba se transformando em alvo. Fugindo de seus perseguidores, refugia-se numa casa aparentemente abandonada, onde se depara com acontecimentos misteriosos e estranhos fenômenos. Portas que levam a cômodos que levam a novas portas e cômodos que não parecem interligados. Talvez a casa seja uma encruzilhada entre diferentes planos de realidade. Ou talvez tudo não passe de uma alucinação e Max tenha simplesmente enlouquecido. Mas alucinações não andam armadas e ele precisa lutar por sua própria vida enquanto tenta desvendar o mistério da casa.Encruzilhada é um romance de suspense de Lúcio Manfredi, autor roteirista da TV Globo. Em uma mistura de ficção científica e horror, de mecânica quântica com umbanda, a trama se desenrola entre reflexões filosóficas e a busca da identidade. Quando devemos percorrer o labirinto de nossas próprias mentes, só resta o temor de ficarmos presos para sempre fora da realidade. (Fonte: Livraria Cultura)

Este livro é bem diferente dos livros de terror que estamos acostumados. Provavelmente você veio até essa lista esperando encontrar livros que falassem apenas de espíritos, zumbis, casas mal assombradas e possessões. Mas não se deixe enganar. Mesmo que o foco do livro Encruzilhada seja ficção científica, ele está carregado de terror, causando arrepios em seu leitor, além de que pude observar várias críticas positivas sobre o livro.

 

3. O Diário de Um Exorcista, de Luciano Milici e Renato Siqueira

o diario de um exorcistaEditora: Generale

Páginas: 256

Ano: 2013

Quando uma tragédia familiar inexplicável abala sua família, o jovem Lucas Vidal desperta para a desafiadora missão de enfrentar o inimigo maior do homem e de Deus: o próprio Diabo

A história (baseada em fatos) do padre Lucas Vidal – um dos maiores exorcistas da América Latina – é contada em aterrorizantes detalhes. Conheça a batalha dos padres exorcistas contra esses terríveis seres profanos que crescem em número e poder a cada dia. O mal foi liberto e não se sabe mais quem é humano e quem é demônio. Como poderão, os padres exorcistas, enfrentarem o inconcebível poder das trevas? (Fonte: Site Diário de um Exorcista)

Este livro relata as experiências do Padre Lucas com o exorcismo. Além de ter se tornado um padre especialista no assunto, ele presenciou esses acontecimentos em sua família quando, já possuído, seu pai se suicidou. O mais interessante deste livro é que ele relata os casos de exorcismo, assunto que é muito difícil de encontrar em meio a nossa literatura.

Este ano o Diário de Um Exorcista será adaptado para o cinema e você pode conferir abaixo ou acessar o site Diário de Um Exorcista para assistir ao trailer e saber mais.

O canal Assombrado em parceria com o canal do Getro fez um vídeo falando um pouco mais sobre o filme. Assista abaixo (3:18).

Já fica a dica, se você gosta desse tipo assunto conheça o blog e o canal deles no YouTube. Tenho certeza que você irá gostar.

4. Waverly Hills, de Oscar Mendes Filho

waverly hills

Editora: Clube de Autores

Páginas: 64

Ano: 2011

O sanatório de Waverly Hills é considerado um dos lugares mais assombrados das Américas e há anos guarda segredos que ainda não foram revelados. 

Um grupo de brasileiros decidiu ir até o Estado do Kentucky (EUA) e decifrar esses mistérios. Será que eles descobrirão os motivos de haver tanta maldade naquele lugar ou serão forçados somente a lutar pela sobrevivência? (Fonte: Clube de Autores)

Você gosta de histórias sobre lugares assombrados? Pois é disso mesmo que se trata o livro Waverly Hills. Um grupo de brasileiros, estudantes de fenômenos paranormais e médiuns, decidem investigar os relatos de paranormalidade do antigo hospital.

Toda a história é contada pelos personagens através de seus gravadores. Isso torna tudo ainda mais assustador, já que você se sentirá mais próximo dos fatos, como se estivesse lá.

Será que você conseguirá dormir depois de ler esse livro?

 

5. O Bairro da Cripta – As Elegias, de M.R. Terci

o bairro de cripta

Editora: LP-Books

Páginas: 168

Ano: 2014

Fantasmas, vampiros e lobisomens circunvagam , famintos os anais fantasiosos e imponderáveis de um bairro da cidade de Tebraria, cujas casas se confundem , sobremaneira com os túmulos e mausoléus do arcaico cemitério da localidade. Chamam-no O Bairro da Cripta. (Fonte: Biblioteca do Terror)

Este livro trás 24 contos que se passam no Bairro da Cripta. Todos os contos são interligados e o autor sempre deixa os fatos subentendidos.

A linguagem da escrita é bem rebuscada, mas nada que impeça uma leitura dinâmica e fluída. Um terror que te deixa preso à leitura e sempre querendo mais e mais.

 

6. O Vilarejo, de Raphael  Montes

Editora: Suma Letrasvilarejo

Páginas: 96

Ano: 2015

Em 1589, o padre e demonologista Peter Binsfeld fez a ligação de cada um dos pecados capitais a um demônio, supostamente responsável por invocar o mal nas pessoas. É a partir daí que Raphael Montes cria sete histórias situadas em um vilarejo isolado, apresentando a lenta degradação dos moradores do lugar, e pouco a pouco o próprio vilarejo vai sendo dizimado, maculado pela neve e pela fome.

 As histórias podem ser lidas em qualquer ordem, sem prejuízo de sua compreensão, mas se relacionam de maneira complexa, de modo que ao término da leitura as narrativas convergem para uma única e surpreendente conclusão. (Fonte: Editora Objetiva)

Essa história desenvolvida por Raphael em sete contos, retratam os sete pecados capitais. Os personagens se envolvem com esses pecados e aos poucos os próprios moradores dizimam o vilarejo.

As cenas são de tirar o fôlego do leitor e nos deixam arrepiados. Se você quer ler verdadeiros contos de terror, essa é uma ótima pedida.

 

7. Arquivos Serial Killers – Louco ou Cruel, de Ilana Casoy

serial killers louco ou cruel

Editora: DarkSide

Páginas: 360

Ano: 2014

A primeira parte de Louco ou Cruel aborda os serial killers sob diversos aspectos e à luz da Criminologia, do Direito, da Psiquiatria e da Psicologia, e dedica-se a dissecar este universo, analisando como tudo começa, quem são as vítimas, os aspectos gerais e psicológicos, os mitos e as crenças, o perfil do criminoso, a psicologia investigativa, a análise do local do crime e a encenação/

organização da cena.  Na segunda parte do livro, Casoy apresenta em detalhes 16 casos de serial killers que chocaram e marcaram o século XX, entre eles Albert Fish, Ed Gein, Ted Bundy, Andrei Chikatilo, Jeffrey Dahmer, Aileen Wuornos e o Zodíaco, cuja identidade segue desconhecida até hoje. Histórias que habitam as entranhas da humanidade e o que ela tem de pior: frieza, perversidade e falta de sensibilidade que acabam por produzir o mal em escalas inimagináveis. (Fonte: DarkSide)

Impossível fazer uma lista sobre livros de terror e não citar um livro sequer da editora DarkSide, já que seu foco é o terror e o suspense.

Este livro também é bem diferente dos demais. Aqui você não vai encontrar fantasmas, espíritos e casas assombradas, assim como foi com o livro Encruzilhada, citado acima. Neste livro Ilana Casoy conta sobre vários Serial Killers, baseados em histórias reais.

Você poderá conhecer o mundo e a mente dessas pessoas, que são capazes de coisas que vão muito além do que sua mente pode imaginar. Os livros da Ilana Casoy não param por aí. Arquivos Serial Killers tem uma continuação: Arquivos Serial Killers – Made in Brazil, que também não deixa a desejar.

 

8. Os Sete, de André Vianco

Editora: Novo Séculoos sete

Páginas: 380

Ano: 2001

Uma caravela portuguesa naufragada há cinco séculos é descoberta no litoral brasileiro. Dentro dela, sete cadáveres aprisionados em uma caixa de prata, acusados, na época, de bruxaria. 

Universitários irão estudar os cadáveres, que estão em perfeito estado de conservação… Será que estão mesmo mortos? (Fonte: Livros em Série)

Meu caro leitor, se está cansado de histórias contemporâneas sobre vampiros, então você precisa conhecer esse livro. Por quê?

Primeiro: porque esses vampiros são os tradicionais. Vampiros verdadeiramente maus, totalmente sem alma e cruéis o suficiente para botar medo até em quem lê.

Segundo: porque o cenário é brasileiro. Você poderá ver todas as cenas com muito mais detalhes e afinidade por conhecer o local ou ao menos por conhecer a cultura.

Adoro quando os livros escritos por nossos autores brasileiros utilizam o cenário nacional. Isso mostra que nós também podemos ter grandes narrativas dentro da nosso país.

 

9. Sussurros da Meia-noite, de Leandro Reis, Daniel Pedrosa, Juliana Velonessi e Stefênia Andrade

sussurros meia noite

Editora: Pandora

Páginas: 168

Ano: 2015

Espíritos malignos, seres escondidos nas sombras, animais que vagam pela noite e amuletos amaldiçoados são alguns dos elementos encontrados nessa coleção de contos assustadores. Sussurros da meia-noite transporta o leitor a um mundo de mistérios e perigos que fará com que passe a escutar os sons da escuridão de maneira suspeita e cautelosa. 

TRANQUE AS PORTAS E JANELAS DE SUA CASA, ACENDA O ABAJUR E BOA LEITURA! (Fonte: Editora Pandora)

Esse livro é composto por 10 contos que deixarão você de cabelo em pé. Para deixar as histórias mais intensas o livro apresenta uma “Escala do medo”, que indicará em cada história o teor de horror que ele causará em você.

É um livro curto, mas não se deixe enganar. Suas histórias podem deixar você sem sono.

10. Branca dos Mortos e os Sete Zumbis e Outros Contos Macabros, de Fábio Yabu

Editora: Globo Livrosbranca de neve e os sete zumbis

Páginas: 200

Ano: 2013

Em ‘Branca dos Mortos e os Sete Zumbis’, Fábio Yabu resgata a tradição clássica dos contos de fadas dos irmãos Grimm e de Hans Christian Andersen, onde as histórias, mais que um simples entretenimento, servem como lições para moldar o caráter das crianças, na maior parte das vezes por meio do medo. Aqui, não há meias-palavras nem eufemismos. O mundo encantado de Yabu é atormentado, sombrio e com altas doses de tensão sexual. Os contos seguem o mote de sucessos da televisão atual, como as séries Grimm e Once Upon a Time. Protagonizadas por personagens dos contos de fadas, revelam facetas nunca antes imaginadas de suas personalidades. Além disso, os doze contos que compõem Branca dos Mortos e os Sete Zumbis formam uma narrativa não-linear que culmina num desfecho aterrorizante. A obra ainda conta com as ilustrações de Michel Borges, que acompanha o autor desde seus primeiros projetos. As ilustrações de Michel homenageiam os desenhos clássicos dos contos de fadas, com toques sombrios, e complementam a atmosfera sinistra e misteriosa criada por Yabu. (Fonte Saraiva)

Você lembra das histórias das princesas? Branca de Neve, Cinderela, Rapunzel e todos os personagens da Disney? Lembra que eles sempre retratavam uma vida maravilhosa onde sempre o bem vencia e a mocinha e/ou mocinho se dava bem no final? ESQUEÇA.

O livro de Fábio Yabu conta todas essas histórias em uma visão mais “realista”, mas ao mesmo tempo mais macabra.

E aí? Está preparado para ver uma nova e nada fofa versão dos contos de fadas?

 

11. O Edifício, de Susy Ramone

o edificio

Editora: Estronho

Páginas: 260

Ano: 2016

Enquanto a ditadura militar arrasta acusados aos seus porões, Waldemar passa por momentos difíceis ao perder sua esposa dias depois da morte de seu filho. Um jovem ganancioso encontra na situação a oportunidade perfeita para trocar seu apartamento em São Paulo pela chácara do viúvo em Tatuí. Ele tem a intenção de fundar uma igreja evangélica no local e arrecadar dinheiro aproveitando-se da fé alheia. 

O castigo do falso pastor não vem do plano terreno e sim do mundo dos espíritos. Mas Waldemar, que anda na retidão e na honestidade também é assombrado tão logo ele se muda para São Paulo e começa a trabalhar no Edifício. Qual mensagem os mortos querem passar? Até que ponto uma pessoa deve acreditar em seu semelhante? Nem sempre as coisas acontecem como vemos. (Fonte: Editora Estronho)

Sinta-se assustado em cada palavra lida durante a história. Esse livro é perfeito para quem gosta de fantasmas. Com uma leitura leve e dinâmica, a autora é capaz de te prender à história e aos personagens de tal modo que você é incapaz de parar sua leitura por qualquer motivo sequer.

 

12. A Escuridão Escrita, de H.R. de Oliveira

Editora: Pandoraa escuridao escrita

Páginas: 118

Ano: 2015

Alguém um dia disse: a escuridão é a ausência de luz. Certo: Sim. Errado? Também. O livro deixa claro que o escuro é bem mais que a falta de luz. Flores, cadáveres, morte, esquartejamento, podridão, marinheiros, esposas que morrem, maridos que não voltam. Estes são apenas alguns dos temas que interligam as histórias de “A Escuridão Escrita”. H. R. de Oliveira descreve mazelas da alma humana de forma visceral, concisa, sublime melancólica, quase poética, onde o belo e o macabro se fundem numa única coisa. (Fonte: Editora Pandora)

O livro do autor H. R. de Oliveira conta com 16 contos horripilantes que causam susto em seus leitores. Não é apenas mais algumas histórias de terror. São contos que te deixarão fora de si e perturbarão seus sonhos.

 

13. A Ascensão da Casa dos Mortos, de Lemos Milane

a ascensaoda casa dos mortos

Editora: Estronho

Páginas: 224

Ano: 2012

Foi em julho, durante uma viagem em família, que o verdadeiro sentimento do medo surgiu. Apenas três pessoas e uma casa mostrarão a você leitor, que o mal não escolhe situação para agir. Esqueça a realidade, apague as barreiras da lógica. Espaço e tempo não passam de mera ilusão. 

Por que três, dentre oito pessoas, viveram horrores inimagináveis em uma construção que jamais mostrou qualquer tipo de perturbação? Julieta, Santiago e Lindsay quiseram, acima de tudo, conhecer a resposta. Mas como viver sabendo que os acontecimentos ganhavam poder em escala vertiginosa? Até quando a máscara da inocência poderia ser propositadamente mantida? Mansão Morrigan. Uma bela edificação erguida em terras serranas, de caráter marcante, posta em um terreno cuidadosamente trabalhado. Conheça-a, penetre nos cantos mais isolados, explore cada pedaço do jardim, então você descobrirá muito mais que apenas tijolos e concreto. (Fonte: Editora Estronho)

Imagine passar alguns dias em uma casa mal assombrada, ouvindo vozes e vendo vultos. Pois essa é a Mansão Morrigan onde Julieta, Santiago e Lindsay descobriram o sobrenatural e experimentaram a agonia, o desespero e o medo. E você leitor, não ficará muito longe disso, pois toda a história faz com que você se sinta participante e tenha os mesmos sentimentos que eles.

 

Participe!

Essa lista obviamente não está completa. São muitos escritores brasileiros bons, com histórias capazes de perturbar seus sonhos e te deixar arrepiado. Mas essa lista ficaria enorme, então selecionei apenas alguns.

Realmente espero que tenha gostado desse post e que ele tenha instigado você a explorar o terror brasileiro.

Deixe nos comentários sua opinião e contribua com o crescimento desse blog agregando sua visão sobre os livros destacados aqui. Se você já leu algum livro do gênero e acha que ele deveria estar aqui, deixe nos comentários para que outros leitores também conheçam.

Aproveite e assine o nosso BOLETIM, localizado na lateral do site e fique por dentro das novidades aqui do blog. Não se esqueça de conferir nossa última resenha: O Demonologista, de Andrew Pyper e também a Porção Literária do livro O Demonologista, onde você encontrará os melhores trechos do livro.

Um abraço e até o próximo post. 😉

Escrito por: Taísa Ferreira Dias

 



© 2016, www.salaliteraria.com.br. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *